Movimento Palavras Pretas




As palavras pretas desta antologia foram escritas por vinte e três escritoras. Vinte e três mulheres que, plenas de sua singularidade, multiplicam as possibilidades da palavra escrita, expandem a voz e a literatura das mulheres negras. Mulheres exercendo a liberdade de ser quem são, de escrever como desejam e o que desejam. A liberdade pode ser vista como ponto relevante desta antologia na qual a leitora ou o leitor encontrará estilos de escrita diferentes, gêneros diferentes e assuntos diferentes. Ela apresenta de modo significativo o quão diversa é a escrita da mulher negra, um contraponto ao imaginário racista que muito vagarosamente rompe com a ideia de vozes únicas na autoria negra. 
Mari Vieira

A obra inaugura a parceria com a antologista Jullie Veiga e tem supervisão de Joice Aziza de Mendonça




Movimento Palavras Pretas
Jullie Veiga
Curadora
Joice Aziza de Mendonça
Supervisora
Gênero Poesia e Prosa
Selo dandaras
Ano 2021
Projeto gráfico Andreia Freire
ISBN 978-65-990328-3-7
112 páginas


Tecnologia do Blogger.