Abusada


Sobre o livro

Sonia Nabarrete, uma das mais profícuas escritoras atuais, transita pelo reino de Eros com rara leveza, humor e intimidade. Quem conhece sabe do imperativo de saborear o que ela tece com arte.
Abusada é constituído em polaridades, contraposições, dois tempos: Real e Ficção – Individual e Coletivo – Consciente e Inconsciente – Explícito e Implícito – Masculino e Feminino.
Sua vasta experiência como repórter se faz aqui tessitura, na forma objetiva e dinâmica de relatar fatos e relevâncias.
Recortes emblemáticos dos anos 1960 aos 1980 deixam entrever os grandes movimentos políticos e culturais da época – tais como o fim da Ditadura Militar e as vivências revolucionárias da contracultura. Tempos de ampliação da consciência individual e coletiva, de grandes avanços científicos e educacionais, da inclusão das questões ambientais como prioridade civilizatória e de dar voz às questões sexuais, e às minorias raciais e de gênero.
Regininha, ícone dessa época e seus anseios, não consegue terminar a travessia, tragicamente nocauteada por Edu e seu aprisionamento edípico – fruto tóxico de nossa tradição patriarcal e machista.
Quarenta anos depois, com o mundo em assustador movimento retrógrado, em célere confirmação do Oráculo Marxista – é na intimidade, no cotidiano, que podemos aquilatar os danos de uma guerra surda que autoriza e legitima abusos e extermínios das diferenças e dos ganhos civilizatórios.
Sonia, com delicada firmeza, pergunta enquanto denuncia: Como estamos caminhando nessa inegável conjugação constitutiva entre o individual e o coletivo?
Para onde estamos indo? – Keila Macário Pavani


Sobre a autora


Paulista de São Caetano do Sul, Sonia Nabarrete é jornalista profissional e atualmente trabalha como freelancer na produção e revisão de textos. É autora da novela Eretos e de contos safadinhos, além de ter participado de várias antologias, de contos e poemas, no Brasil e em Portugal. Sua escrita é marcada por erotismo, sob olhar feminino e feminista, e um toque de humor. Foi selecionada cinco vezes para a coletânea do Concurso de Microcontos do Salão de Humor de Piracicaba. Abusada é seu primeiro romance.

Trecho

– Reparou que ultimamente vocês só brigam?
– É verdade.
– E aposto que depois das brigas acontecem reconciliações calorosas.
– Isso mesmo.
– Aí acontecem fodas extraordinárias.
– Como é que você sabe?
– Regininha, eu já vivi um relacionamento tóxico como o que você está vivendo. Você está tão envolvida que não percebe a merda que está fazendo com a tua vida. 
– Como assim?
– Você permite que ele tenha ciúme. Aí vocês brigam. Ele te ofende. Na sequência fazem as pazes. E a foda é maravilhosa. Sabe o que vai acontecer daqui a pouco? Vocês só vão conseguir trepar gostoso se brigarem. É um círculo vicioso. Sai dessa enquanto é tempo.



Abusada
Sonia Nabarrete
Gênero Romance
Selo anitas
Ano 2020
Projeto gráfico Andreia Freire
ISBN 978-85-54867-08-9
168 páginas

Tecnologia do Blogger.