Cabeça de ruiva


Sobre o livro

Cabeça de ruiva é o primeiro livro de Ginger Boni e reúne crônicas e poemas bem-humoradas. Sempre vi a Rê com um livro por perto, paixão em comum. Esticar os olhos para a estante dela era sinônimo de garimpar novidades, da casinha na vila até o apartamento na Paulista. Acompanho essa Cabeça de ruiva desde que nossas meninas ainda estavam nas fraldas. Foram anos de desenhos, natação, balé, mil festinhas de aniversário. Viajamos, jantamos, tomamos golpe do rodízio de sopa mais caro de todos os tempos. Vi a Rê tomar decisões difíceis na carreira, viajar e largar o cigarro. Passava de carro, sentada no banco do passageiro, segurando a bolsa (e os livros!) por perto. Só não sabia que aqueles olhos observavam tudo... Hoje recebi um arquivo dela. Foi do jeito que gosto: abri e deixei fluir, para ver até onde iria. E não é que ela me laçou? Ri com o Bostinha, chorei com o Loreco, cheguei de um fôlego só às corajosas poesias. Vidas pulsando nas páginas, "Clorato de Potássio, parafina e fósforo". Os cronistas da minha estante acabam de ganhar uma companheira ruiva. Quando sai o próximo? – Cris Porini

Sobre a autora

Ginger Boni, pseudônimo de Renata Juliboni, é advogada militante, formada pela PUC-SP. Ruiva, curiosa e sardenta, extrai a inspiração para escrever suas histórias do seu dia a dia de mulher, mãe, profissional e cidadã. Cabeça de ruiva é sua primeira obra publicada.


Trecho

Naquela manhã uma criança ruiva, de maiô ver­melho e sardas rosadas entrou no mar. Pegou ja­caré, brincou de sereia, nadou cachorrinho, imi­tou foca. Enquanto ela brincava, o danado do Sol tingiu de vermelho o azul da água. Então, naque­la tarde, um camarão ruivo, de casca vermelha e crostas rosadas saiu do mar.


 











Cabeça de ruiva
Ginger Boni
Gênero Crônicas / poesia
Selo celinas
Ano 2020
Projeto gráfico Andreia Freire
ISBN 978-85-54867-07-2
168 páginas


Tecnologia do Blogger.